7 dicas sobre consumo consciente que você pode passar aos seus filhos

Na 4ª Semana Nacional de Educação Financeira, que foi até este último domingo (14), a Allianz Seguros compartilhou dicas sobre consumo consciente com pais e mães de crianças e adolescentes através do programa de educação financeira, o My Finance Coach, que já foi aplicado a 6,8 mil alunos brasileiros da rede pública e privada e de ONGs de São Paulo, principalmente.

1 – Não se encante com as propagandas.

A publicidade está em toda parte. Os anúncios querem dizer: “Compre-me! Você vai ficar sensacional comigo!”. Mas, perceba se o que quer comprar é aquele produto ou aquela boa sensação.

2 – Nem sempre é possível comprar tudo o que queremos.

Sempre compre primeiro aquilo que realmente precisa. Você pode acabar sem dinheiro para coisas importantes.

3 – Antes de comprar, faça a pergunta: eu preciso ou eu apenas quero?

Se você pensa em comprar alguma coisa, primeiro pense porque quer aquele produto. É muito fácil acabar comprando algo que não tem a menor necessidade.

4 – Compare produtos diferentes antes de comprar.

Pesquise e conheça produtos de marcas diferentes. Caso não faça isso, você pode correr o risco de se decepcionar encontrando um produto mais barato e com as mesmas características do que já comprou.

5 – Liste quais itens são necessários no produto que deseja comprar.

Os produtos têm muitas funcionalidades e a propaganda é poderosa. Uma lista pode ajudar você a se preparar para uma decisão e encontrar o objeto certo.

6 – Cuidado com as novidades.

Milhares de produtos são lançados a cada mês e por isso outros acabam descartados ou inutilizados mesmo em funcionamento e atendendo as necessidades. Nem sempre é preciso ter o “último lançamento”.

7 – Conheça seus direitos como consumidor e faça uso deles.

Explique aos seus filhos que as pessoas que compram algo são chamadas de consumidores. Assim, é preciso estar sempre informado e ter conhecimento de seus direitos.

Compartilhar

Sobre Rubia Rocha

Rubia Rocha, publicitária, designer e apaixonada por artesanato, estava decidida a produzir o seu próprio casamento na intenção de encontrar alternativas criativas para subir ao altar. Para se organizar melhor, começou a arquivar as melhores inspirações e ideias no Blog do casamento, que hoje é referência no assunto.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Os campos obrigatórios estão marcados com *