Grávida pode comer fora de casa?

Grávida é um poço de insegurança e dúvidas, principalmente se tratando do que dá ou não para comer. Será que podemos comer fora de casa sem medo, existe alguma recomendação? No vídeo da semana (ou neste post) separei algumas dicas super pertinentes para você mamãe gestante que morre de medo de comer fora de casa.

você pode comer fora de casa, a vida não para só porque vc tem um bebê dentro de você, pelo contrário, você precisa dar comidinha pra ele também!

1 – Carnes 

Todos sabemos que carnes cruas são expressamente proibidas para gestantes, por isso evite sushis, sashimis, ceviche, ostras, carpaccio. Além disso carnes mal passadas também entram aí na lista dos cuidados. Por isso, pelo menos enquanto você estiver gravidinha, nada de japonês e boi berrando no prato.

2 – Ovos

Comi muito ovo na minha gestação, principalmente depois que entrei na dieta por conta da diabetes gestacional. Mas meu ovinho era sempre cozinho ou frito em uma gotinha de óleo.

Já em restaurantes, evite o consumo de maionese (principalmente se você não tem certeza se ela foi feita com ovo cru)

3 – Bebidas alcoólicas

Não é novidade pra ninguém né? Gestante não pode nem aquela tacinha de vinho inocente que “dizem que faz bem para o coração”. E aquela história da cerveja preta faz descer o leite… é balela… Qualquer pediatra ou obstetra vai puxar a sua orelha se você contar que tomou aquela cervejinha.

4 – Saladas cruas

Saladas são ótimas, maravilhosas, quanto mais colorido for seu prato, melhor para o bebê, mas em restaurantes onde você não sabe se aquilo tudo foi bem lavadinho, o ideal é evitar. Prefira as saladas cozidas como cenoura, beterraba e brócolis.

5 – Fritura

A fritura não é proibida, mas o médico sempre pede moderação, principalmente por conta da azia. Se você estiver sofrendo com isso, procure evitar as frituras para não piorar o seu quadro.

6 – Só coma onde você conhece

No período da gestaçãom o ideal é fazer suas refeições em lugares que você conhece e confia. Evite também comer comida de rua neste período.. Não sabemos ao certo como foi o preparo da coisa toda.

7 – Fique de olho no buffet

Se você costuma comer em buffet com frequência, existem alguns truques para analisar se a conservação está adequada.

  • Antes de mais nada, observe se os pratos quentes tem uma fonte de calor para mantê-los aquecidos.
  • A comida não deve ficar exposta por mais de duas horas, por isso se você notar aquela “natinha” em cima dos molho, a carne torradinha, e os legumes murchinhos, passe reto.
  • É importante que o buffet tenha um vidro de proteção para evitar a contaminação das pessoas que vão passando por ali. Bem sabemos que algumas criaturas acabam tossindo na comida, e isso não é legal.
  • Para garantir, o ideal é sempre chegar na hora que o restaurante abre, assim suas chances de comer uma comidinha bem fresquinha e menos manipulada por outras pessoas é maior.
Compartilhar

Sobre Rubia Rocha

Rubia Rocha, publicitária, designer e apaixonada por artesanato, estava decidida a produzir o seu próprio casamento na intenção de encontrar alternativas criativas para subir ao altar. Para se organizar melhor, começou a arquivar as melhores inspirações e ideias no Blog do casamento, que hoje é referência no assunto.



Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Os campos obrigatórios estão marcados com *