Dicas para economizar na compra das alianças

20 de outubro de 2009

ring3O ponto de partida de um casamento é o pedido de casamento  com um jantar bem romântico, uma festinha íntima de noivado, ou um churrasquinho descontraído entre os amigos e familiares. Não importa.  Em qualquer um deles existe uma coisa em comum: A Aliança.

É difícil escrever sobre ela, pois cada pessoa pensa de uma forma diferente. Uns querem algo bem especial e “caro” outros já pensam na economia e procuram algo mais tradicional. Então resolvi dar algumas dicas que me foram passadas a partir de várias joalherias em que pesquisei.

Dicas para economizar na compra das alianças

O que você precisa saber sobre uma aliança é que ela precisa ser de Ouro 18k. Ouro 14k e outro 24k não servem. O ouro 14k é ruim, meio avermelhado. Já o 24k é mole e não pode ser utilizado em jóias.

Normalmente um par de alianças tem em média de 7 a 8 gramas de ouro, misturados à outros metais que ajudam na consistência. Logo se a sua aliança for espessa a concentração de ouro será menor, mas nem por isso ela deixará de ser de boa qualidade.

Nada impede você de orçar uma aliança com 3 gramas (o par). Certamente será bem mais barato, porém menos resistente, mas conheço pessoas que assim fizeram e estão com as alianças intactas por mais de 10 anos. Essa questão depende muito do tipo de atividade que você faz. Por exemplo: se você trabalha em um escritório ou uma loja é provável que a durabilidade seja muito maior.

Fique atenta aos preços das Joalherias famosas. Como publicitária alerto: você estará comprando a “marca” e não a jóia. Comprar sua aliança em uma joalheria menor ou mandar fazer com um Ourives pode valer muito a pena, seja ela cheia de brilhantes ou bem tradicional.

Aqui vai uma dica super econômica: você pode gastar somente com a mão de obra se tiver em casa jóias de ouro que não usa mais. Eu mesma encontrei diversas pulseiras e anéis de quando era criança que por sorte estavam guardadas em meu porta-jóias. Para saber se suas jóias são de ouro, procure no fecho das correntinhas ou pulseiras uma indicação “18k” ou “750” – que indica que a peça foi feita com 75% de ouro, é regra – se for de ouro essas informações estarão ali.  Esse ouro é derretido a 1000 graus e remodelado no modelo de aliança que você quiser!


Rubia Rocha

Rubia Rocha, publicitária, designer e apaixonada por artesanato, estava decidida a produzir o seu próprio casamento na intenção de encontrar alternativas criativas para subir ao altar. Para se organizar melhor, começou a arquivar as melhores inspirações e ideias no Blog do casamento, que hoje é referência no assunto. Atualmente também é editora do ZankYou – Revista de Casamento do Portal Terra. Ver todos os posts de Rubia Rocha


10 Comentários

Comentários

Seu e-mail não será divulgado! tawse-goldurn
  1. outra dica otima, e comprar direto do frabicante, a minha e um anel de noivado, 18k de ouro branco e no total de 1k de diamantes, sendo que o diamante central e de .45 pontos .. Meu noivo comprou direto da fabrica em Londres e pagou 800 euros, levou para avaliar e a avaliacao voltou em 3500 euros .. fou uma PUTA de uma economia .. por isso, procure frabricantes, lojas vc so paga o nome … =))

  2. Tradução disse:

    Essa hora é a mais complicada,tanto por várias opções de escolha que tem lindíssimas como pelo preço que é um pouco salgado,mais no final acaba dando certo…

  3. Erika disse:

    creio que a aliança de 14k é melhor e isso nao implica em o ouro ficar avermelhado. ela é bem mais resitente que a de 18k. nos EUA o ouro 14k é o mais usado pra aneis em geral.

  4. Mariane disse:

    A ultima dica é justamente o que eu estava procurando, porém não encontrei lojas que derretessem joías e transformassem em alianças. Se possível me informarem lugares na região de São Paulo, que posso solicitar esse serviço, fico grata.

    Desde já agradeço!

  5. Nelize disse:

    Também não vejo problema em ser 14k, a cor é exatamente a mesa não há diferença estética, maior durabilidade/resistência e ainda sai mais em conta.

  6. Gislaine disse:

    Eu tbm estou a procura em lugares de São Paulo que derretam e forme alianças, alguém sabe de algum?

  7. MOISES O. LOURENÇO disse:

    Tenha cuidado com o contraste 18k ou 750 existe ourives
    que carimba em joias com teor do ouro bem mais baixo
    aconselho levar em uma ourivesaria de confiança para testar, quanto a cor não quer dizer o teor vai depender
    da liga usada , se tiverem alguma duvida ou precisarem de fazer algumas joias pode entrar em contato : tel 69 34123219 ou email : molourenco@hotmail.com

  8. Achei as dicas super interessantes! Queria aproveitar para deixar nosso site, onde comercializamos belas alianças para casamento. Com belas alianças, as fotos tendem a ficar mais belas ainda! Adorei o post!

  9. Lauta disse:

    Nàp é verdade que quanto mais espessa uma aliança menor é a sua concentração de ouro. O que define a concentração são os quilates (18k, por exemplo, tem 75% de ouro) e qualquer peça feita com ouro de um certo “quilate” vai ter a mesma concentração de ouro. O que aumenta ou diminui com tamanho é a quantidade total de ouro.