Outubro rosa chegou! Previna-se também contra o câncer de boca

Outubro é o mês de reforçar o alerta para as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção do câncer de mama – dos fatores de risco, dos fatores de proteção e das medidas de detecção precoce relacionadas à doença. Mas, durante a Campanha Outubro Rosa, o Conselho Federal de Odontologia também faz um alerta sobre a necessidade da prevenção contra o câncer bucal.

“É preciso prevenir doenças na boca, pois muitas delas provocam até risco de morte. A higiene bucal também evita muitas infecções no coração, no pulmão, já que a infecção na boca pode se espalhar pela corrente sanguínea. Vamos nos conscientizar que uma higienização bem feita nos proporciona mais qualidade de vida”.

Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA), a doença ainda mata mais de 4 mil pessoas por ano, e 5.490 novos casos de câncer de boca serão descobertos até 2017. Destes, 11.140 serão em homens e 4.350 em  mulheres, com aproximadamente 5.400 casos de mortes. Este tipo de tumor ocupa hoje o 5° lugar em frequência entre os homens e representa 5% dos casos totais. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), 43% das mortes por câncer em todo o mundo são causadas pelo consumo do tabaco, do álcool, por maus hábitos alimentares e de estilo de vida e infecções.

O cigarro e o álcool, além de potencializar o aparecimento de várias doenças, são os principais fatores de risco de câncer de boca – doença agressiva que pode mutilar o rosto e matar. ‘’Isso acontece porque o tabaco e o álcool causam alterações nas células da mucosa da boca e da pele, capazes de acelerar o crescimento das células cancerígenas e aumentar as chances de lesões e tumores’’, explica a especialista em implantodontia, a cirurgiã dentista Regina Bregalda.

Os homens são as principais vítimas, pois costumam fumar e beber mais. No entanto, com a mudança de hábitos, a doença também se alastra entre as mulheres, sendo, atualmente, o sétimo tipo de câncer mais comum entre elas. Em 2007, era o oitavo.

Dra. Regina Bregalda alerta sobre importância de ficar atento aos sintomas: ‘’Muitas vezes os primeiros sintomas passam despercebidos, e acabam sendo confundidos com uma simples afta. Por isso é muito importante fazer exame clínico da boca em consultório. Pessoas com mais de 40 anos que fumam e bebem devem ficar mais atentas e ter sua boca examinada por um dentista profissional pelo menos uma vez ao ano.’’

Ulcerações superficiais, com menos de 2 cm de diâmetro, indolores (podendo sangrar ou não) e manchas esbranquiçadas ou avermelhadas nos lábios ou na mucosa bucal, dificuldade para falar, mastigar e engolir, além de emagrecimento acentuado, dor e presença de linfadenomegalia cervical (caroço no pescoço) são sinais de câncer de boca em estágio avançado.

O câncer oral ou de boca envolve a região dos lábios e a cavidade interior da boca: pode afetar as bochechas, língua e embaixo dela (assoalho), o céu da boca (palato duro) e as amídalas. Em casos mais extremos, quando há metástase, pode chegar à região da orofaringe (pescoço) e subir para o rosto.

Além do álcool e do tabaco, a má higiene bucal e uso de próteses dentárias mal ajustadas são algumas das causas da doença.

Como prevenir o câncer de boca

– Evitar bebidas alcoólicas, principalmente se for fumante

– Não fumar

– Visitar o dentista regularmente

– Ter uma alimentação saudável

– Ter uma boa higiene bucal

– Manter dentes e próteses sempre em bom estado

– Evitar exposição ao sol ou usar protetor labial

– Fazer sexo oral apenas com proteção (camisinha)

Dra. Regina Bregalda é Graduada em Odontologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Pós-graduada em Prótese Dentária pelo Instituto de Estudos da Saúde & Gestão Sérgio Feitosa (IES), Especialista em Implantodontia pelo Grupo de Apoio à Pesquisa Odontológica na Faculdades Unidas do Norte de Minas (GAPO/Funorte), Pós-graduada em Cirurgia Avançada, também pela Funorte, Pós-graduada em Bioplastia, Plástica Gengival e Estética Global do Sorriso pelo Instituto de Biologia Oral (IBO) e especialista em estética orofacial pelo M.A.R.C. (Miami Anatomical Research Center), nos Estados Unidos, e pelo Odontopartners e membro titular da Sociedade Brasileira de Toxina Botulínica e Implantes Faciais na Odontologia. 

 

Veja também

Compartilhar

Sobre Rubia Rocha

Rubia Rocha, publicitária, designer e apaixonada por artesanato, estava decidida a produzir o seu próprio casamento na intenção de encontrar alternativas criativas para subir ao altar. Para se organizar melhor, começou a arquivar as melhores inspirações e ideias no Blog do casamento, que hoje é referência no assunto.



Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Os campos obrigatórios estão marcados com *