Dicas para diminuir a lista de convidados

É batata! Quando decidimos fazer uma festa de casamento, a primeira missão é sentar com o noivo e fazer a lista de convidados. É aí que a maioria dos casais toma aquele banho de água fria. A lista geralmente fica enooooorme, e só de pensar nos custos dá aquela sensação de desânimo.

Calma! Esta primeira sensação é super natural para quem está começando o planejamento. Geralmente neste momento ainda não sabemos de onde vamos tirar o dinheiro, como vamos fazer para pagar os contratos e quanto iremos gastar.

Com um bom planejamento (leia este artigo aqui), certamente você encontrará meios de convidar praticamente todas as pessoas da sua lista, de pagar todos os contratos e ainda contratar “mimos” extras com a verba que sobrar.

Se mesmo fazendo as contas, a verba não for suficiente para bancar todas as despesas, aí não tem jeito, o ideal é rever a lista e pensar seriamente na possibilidade de fazer um mini wedding (casamento íntimo). Pense que será mil vezes melhor fazer um casamento com os melhores convidados, e voltar de lua de mel sem dívidas, do que fazer um festão e ficar até o pescoço de contas para pagar depois da festa.

 
miniwedding_Vivian.-Thiago10Miniwedding Vivian e Thiago | Foto: Meliess. Link do post.

Abaixo listei 7 dicas de como diminuir a lista de convidados.

1) Comece sua lista pelos convidados de MAIOR importância.

Pense assim: Quais são as pessoas por quem você morreria?
Quais são as pessoas que você mais ama no mundo?
A resposta para essas perguntas renderão uma lista de convidados para um miniwedding.

2) Esses convidados frequentam a sua casa?

Caso a sua situação financeira lhe permita prosseguir a lista, depois dos convidados fundamentais, continue selecionando as pessoas que frequêntam a sua casa (com uma frequência considerável). São eles, amigos, parentes (primos, tios) e afins.

 3) Faça as continhas

Se você chegou até aqui, conte quantas pessoas já estão na sua lista e faça os cálculos de quando vocês gastariam com o buffet até o momento. Geralmente as empresas cobram o valor por pessoa, mas é sempre bom considerar uma porcentagem a mais de possíveis bebidas que entrarão na conta.

4) Os amigos de trabalho precisam realmente ser convidados?

Obviamente sempre teremos colegas queridos no trabalho, cuja a presença no casamento seria interessante, porém muitos casais ficam sem jeito de convidar somente uma ou duas pessoas do trabalho, com medo da reação dos demais.

Convidar um setor inteiro só por “educação” é a pior forma de extrapolar os gastos da festa. Pensando racionalmente, a relação com os colegas de trabalho não é eterna como a dos nossos familiares. O mundo gira rápido e depois de uns meses você poderá não estar mais na empresa. Com base nisso pense com bastante rigor sobre quem convidar ou não para o seu casamento.

Se você já viu que não é viável convidar as pessoas do seu trabalho, uma dica é não fazer comentários empolgados sobre a festa com eles. Seja discreta sobre o assunto. Automaticamente as pessoas irão compreender que seu casamento será somente para familiares e amigos mais próximos.

5) Amigos dos pais

É  comum os pais que gostam de “sugerir” convidados para os noivos. Porém vai do casal acatar ou não. Se os pais estão dispostos a ajudar com os custos do casamento, nada mais justo que os amigos deles também possam participar da festa. Um casamento sempre será motivo de orgulho para os pais.  Caso eles não possam contribuir, uma dica é analisar o grau de convivência desses amigos e conversar abertamente com os pais sobre a viabilidade do convite.

 6) Ex mulher e ex marido

Se tratando de cortes de convidados, pense que certamente será muito mais “indolor” deixar de convidar um ex esposo(a), do que convidar e perceber um desconforto por parte  deles durante a festa. O convite só deve ser feito caso exista uma relação amigável. Do contrário, marque outro dia para receber essas pessoas, de preferência após o casamento.

7) Amigos de infância

Se seus amigos são pessoas que frequentam a sua casa, estão sempre presentes nos aniversários e comemorações, vale a pena incluí-los em sua lista.  Se forem apenas referência do passado, cuja a convivência foi se apagando com o tempo, e faz mais de um ano que você não os vê, deixe-os fora da sua lista.

3.festa3

Compartilhar

Sobre Rubia Rocha

Rubia Rocha, publicitária, designer e apaixonada por artesanato, estava decidida a produzir o seu próprio casamento na intenção de encontrar alternativas criativas para subir ao altar. Para se organizar melhor, começou a arquivar as melhores inspirações e ideias no Blog do casamento, que hoje é referência no assunto.



17 comments on “Dicas para diminuir a lista de convidados

  1. Natalia da Costa Moreira Gonçalves
    26 de junho de 2013 at 16:43

    Oi meninas! Eu ainda usei outro argumento: não me convidou para o casamento, então não convido para o meu. Simples assim.

    • Rubia Rocha
      28 de junho de 2013 at 14:24

      Bem pensado Natalia =)

    • Cinthia Souza
      15 de outubro de 2013 at 18:41

      O pior é quando todos convidam… :)

  2. DANIELLE Rayib
    15 de outubro de 2013 at 16:49

    Adorei AS DICAS .. TODAS são MUITO úteis ;) Parabéns

  3. Priscila
    10 de janeiro de 2014 at 18:20

    Tenho uma duvida . O correto seria uma lista com todos os nomes dos convidados ? ou é desnecessário ?

    • Rubia Rocha
      17 de janeiro de 2014 at 19:38

      Isso mesmo, a lista principal do casamento você conta todas as pessoas da família, o pai, a mãe e os filhos pagantes (acima de 5 anos). Já para a contagem dos convites, você conta um convite por família/casal/convidado solteiro

  4. Tayná Duarte
    25 de março de 2014 at 13:43

    O problema é quando o noivo não quer desapegar de certas pessoas!! kk

  5. Kenya Mendes
    8 de abril de 2014 at 19:20

    Adorei as dicas!’

  6. Geise
    8 de abril de 2014 at 23:39

    E quando vc trabalha há 10 anos em uma empresa e convive diariamente com essas pessoas também antigas na empresa?

    • Rubia Rocha
      9 de abril de 2014 at 15:15

      Geise, se a sua relação com eles é de amizade, então melhor convidá-los =)

  7. Ana Vífer
    9 de abril de 2014 at 4:31

    O complicado é quando só a família dá 130 convidados da sua parte e essa família é super unida e presente… tem que ser rico! kkk

  8. Luciana
    1 de março de 2015 at 23:39

    Uhuuuullll vou fazer um Miniwedding ! :)

  9. daiane
    26 de março de 2015 at 19:10

    Otimo essas dicas valeu

  10. Regiane
    12 de junho de 2015 at 9:14

    ola meninas…ate agora,a pior coisa q me aconteceu foi ter q excluir pessoas da mnha lista…a parte mais dificil de um casamento eh a lista de convidados!:-(

    • Rubia Rocha
      16 de setembro de 2015 at 22:56

      Com certeza Regiane, é a mais delicada, onde pessoas irão de amar e outras de odiar por não receber o convite =(

  11. clae
    26 de março de 2017 at 2:17

    E quando você foi ao casamento de sua amiga de infância, mas hoje praticamente não tem mais contato, só quando nos encontramos ocasionalmente? O que fazer?

    • Rubia Rocha
      28 de março de 2017 at 15:41

      Clae, se você não tem contato com ela, teoricamente ela poderia ficar para o final da sua lista. Se alguém desistir por exemplo, você poderá convidá-la mais próximo da data.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado Os campos obrigatórios estão marcados com *