5 dicas para ter uma mesa de doces inesquecível no seu casamento


Um cuidado que muitas noivas têm é pensar minuciosamente em cada detalhe do casamento, afinal, todas gostariam que ocorresse tudo como planejado no dia da cerimônia. Detalhes esses que, por vezes, são irrelevantes para os convidados, mas de extrema importância para quem vai se casar, como a mesa de doces.

Fale com Rubia Rocha - Blog do Casamento

Ainda que muitos não saibam, a composição da mesa de doces é um ponto essencial para o casamento ser memorável. Isso porque, além de contribuírem para a harmonização da cerimônia, também podem funcionar como decoração. Em razão disso, é necessário pensar na variedade de doces, cores, formatos e formas de apresentação para agradar os diferentes paladares e conquistar a todos.

Para ter uma mesa de doces de qualidade, isso requer a participação de fornecedores de confiança, até porque, experiência e sabor são indispensáveis nessa hora. Com isso em vista, doceiras que realizam degustações de doces finos para as noivas são, geralmente, as principais escolhidas.

Com a degustação, as noivas podem ter conhecimento da qualidade dos docinhos antes do dia do casório, por isso, é um fator determinante para a escolha da doceira que irá montar a mesa do dia mais especial para os noivos.”, comenta a confeiteira de doces finos e cake designer, Janaína Pontes.

Em razão disso, para não ter erro, Janaína separou algumas dicas que podem ser cruciais para o sucesso da mesa de doçuras do seu matrimônio.

Posicionamento

O lugar em que as mesas irão ficar é muito importante. Se a mesa estiver muito longe de todos, não será vantajoso. Então, um lugar ideal para colocar a mesa seria próximo à pista de dança, o que favorece o acesso dos convidados.

Identificação dos doces

Essa etapa é um fator relevante, isso porque, não identificar o que é cada docinho com seu respectivo nome gera confusão e, consequentemente, menos consumo. Até porque, muitas vezes, quando não sabemos o que contém em um alimento, costumamos não comer. Por isso, agrupá-los e identificá-los é fundamental.

Quantos docinhos por pessoa?

Essa é uma pergunta muito pertinente quando há encomendas de casamento. O indicado é que se tenha um cálculo de, aproximadamente, 8 doces por convidado, em uma perspectiva de 20 sabores diferentes. Dentre eles, 30 devem ser os mais elaborados e 100 devem ser os mais comuns, como os brigadeiros que não podem faltar em ocasiões como essa.

Divisão de sabores

Nesse caso, o recomendado é destinar 10% para doces com recheio de fruta, 30% para chocolates no geral e 60% para doces tradicionais. É importante considerar, também, doces sem lactose, fit e veganos, dependendo do perfil dos seus convidados. Por isso, deve-se recalcular a quantidade para os que têm essas particularidades.

 

Decoração da festa

Por fim, é essencial ser coerente com a temática, local e época do ano da festa. Nesse ponto, é importante conhecer bem seus convidados, isso porque, se são pessoas com paladar refinado, pode ousar em doces diferentes. Mas, se são mais convencionais, apostar em doces tradicionais é uma opção.

Esse momento é muito importante para os noivos e as doceiras que serão selecionadas devem atender todos os requisitos com paciência e, é claro, amor.
Nas palavras de Janaína “a mesa é um momento de união, onde os parentes e amigos se situam e dividem os momentos doces da festa.”

Publicado por Rubia Rocha

Rubia Rocha, publicitária, designer e apaixonada por artesanato, estava decidida a produzir o seu próprio casamento na intenção de encontrar alternativas criativas para subir ao altar. Para se organizar melhor, começou a arquivar as melhores inspirações e ideias no Blog do casamento, que hoje é referência no assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close Bitnami banner
Bitnami