Gerador de energia para o casamento?

Num primeiro momento, fico até chateada em ter que falar de assuntos que enchem de dúvidas e insegurança e que podem apertar ainda mais um orçamento, que geralmente está no limite!

Felizmente, penso que temos o outro lado: O de  trazer informações e, possivelmente te livrar (ou, ao menos, amenizar consequências) de uma super chateação!

Na verdade, esse post tem o objetivo de te ajudar a evitar a pedrinha que pode no dia do casamento, querer entrar no seu sapato e te incomodar muito…

Há detalhes (as tais pedrinhas…) que são desconhecidos ou esquecidos pelos noivos e podem afetar brutalmente um casamento, ou qualquer evento… Massss, o pior é que esses mesmos detalhes também podem mostrar-se, no dia, absolutamente inúteis, nem mesmo serem  usados (embora tenham custado os olhos da cara), nem lembrados pelos noivos ou percebidos pelos convidados…

Como saber??? Como prever??? Como decidir??? Aaaiiiiiii Meu Deus!!!!

Aqui, estou abordando o primeiro desses detalhes…outros virão em posts a seguir, não perca!

Gerador de energia para o casamento

Então, vai lá:
Você já pensou se no dia ou durante o seu casamento, ‘ACABAR A ENERGIA ELÉTRICA’ no local?
Bate 3 vezes na madeira! Isola!

A concessionária de energia, ‘geralmente’, garante o fornecimento necessário e, sendo assim, a locação de um gerador de energia é MEDIDA DE PRECAUÇÃO.

Mesmo contratado, torcemos por não utilizá-lo mas, no caso de um imprevisto (apagão, queima de transformador, tempestades com queda de árvore ou raios, acidentes de veículos que derrubem postes, etc), o gerador de energia é salvador!

Como PRECAUÇÃO, o gerador pode mostrar-se item fundamental.

O tema tem se mostrado cada vez mais atual considerando-se que o Brasil teve 12(doze) blecautes em janeiro/2014 contra apenas três em igual período do ano anterior, segundo o CBIE (Centro Brasileiro de Infraestrutura).

Até meados de fevereiro/2014 já haviam ocorrido mais três, sendo que um deles deixou 13 (treze!) Estados e o Distrito Federal sem luz no dia 04/02. Os outros dois foram “apaguinhos”, sendo um de dez minutos na região oeste do Paraná, dia 07/02, e outro na grande Vitória e região norte do Espírito Santo, dia 11.02.

A revista Case Bem noticiou que de 2011 até o dia 4 de fevereiro de 2014, o Brasil já registrou mais de 180 apagões.

A situação está feia, né?

Há alguns locais de festas que tem gerador próprio mas, em Curitiba, por exemplo, são escassas exceções. Outros poucos locais exigem que os noivos contratem a locação de gerador,  também exceções em Curitiba.

Calma…Respire fundo!

Antes de se desesperar, se vc já fechou o contrato do local p festa, entre em contato e pergunte se dispõem de gerador de energia  para eventos; e, se ainda não escolheu o local, leve mais esse item em consideração ao escolher o local!

Se o local dispõe de gerador, uffaaaa… Mas, se não dispõe, vocês devem pensar seriamente a respeito!

Você deve avaliar cada um dos itens de seu casamento que necessitam de energia para funcionamento, além dos itens nos quais pensamos imediatamente: Iluminação em si e som, ar condicionado, fornos, máquina de café, equipamentos para projeção, entre tantos outros.

Vai contratar? Então preste atenção das dicas abaixo.

Dicas_2
1) O gerador de energia deve ser locado com antecedência, pois assim como outros equipamentos, é necessário consultar a disponibilidade para a data do seu casamento.

2) Escolha com atenção a potência do gerador, quanto maior a necessidade de energia, maior o kva dele.

3) Bandas geralmente necessitam de um gerador somente para eles, devendo haver outro para os demais itens.

4) Verifique se o tamanho do cabo é adequado ao local do seu evento.

5) Geralmente se opta pela contratação na qual o gerador fica em STAND BY, apenas colocado em funcionamento se ocorrer a cessação de fornecimento da energia elétrica pela concessionária. Faltará a energia por alguns poucos minutos, enquanto há o acionamento do gerador, quando os equipamentos ligados voltam em funcionamento.

A outra modalidade de locação é aquele onde o funcionamento é CONTÍNUO OU ONLINE, ou sejam os equipamentos já ficam sendo alimentados pelo gerador, independente do fornecimento ou não de energia pela concessionária.

6) Analise os equipamentos (iluminação, som, ar condicionado, etc) e converse com os profissionais de cada um dos ítens que precisarão ser alimentados para definir, com precisão, a CAPACIDADE necessária do gerador a ser locado.

Termino o post afirmando que o ideal é sempre ter, por precaução, o gerador de energia!

Caso você decida por não contratar, esteja ciente de que risco sempre haverá, mesmo assim, não posso deixar de mencionar que li histórias em que acabou a energia na festa e foram acesas mais velas e os convidados continuaram, eles mesmos, cantando… e não deixaram a pista esvaziar!

Gerador de energia para o casamento
Gerador de energia para o casamento. Ter ou não ter?

Certamente, situações desconhecidas e inusitadas geram muito nervosismo e transtorno quando ocorrem de surpresa – Disso você já está livre, lendo esse post!

Mesmo que a situação não seja a desejada, se você já pensou anteriormente, mediu consequências, refletiu a respeito, até buscou soluções, ainda que alternativas e relativamente eficazes, tudo fica mais fácil.

Desculpe se te chateei! Ainda prefiro correr esse risco a deixar que vc corra outros riscos piores…

Published by Flavia Infante

Flávia Infante, 45 anos, assessora e cerimonial de eventos. Casamento é sua paixão e por isso faz questão de dividir com as leitoras todas as suas experiências e detalhes vividos como profissional da área.

5 comments on “Gerador de energia para o casamento?”

  1. Bom dia!
    Meu casamento foi no salão de festa do condomínio…e sabendo da instabilidade de energia na região, contratei um gerador na modalidade stand by. Foi a melhor escolha que pude fazer pois durante as 3 primeiras horas do evento, não havia energia no condomínio!!!
    Vale muuuuito a pena ter essa segurança!!!
    Bjsss

  2. Aqui em Belo Horizonte aconteceu um caso que ficou para a história da cidade, um casamento milionário, na beirada da Lagoa da Pampulha (região super nobre da cidade), começou a chover horrores e para quem não sabe aqui tem o problema de chover e acabar a luz, enfim no começo da festa acabou a luz e perderam tudo. Não aconteceu festa e não tinham alugado gerador. Um mega evento assim merecia um mega cuidado, mas em geral quando falamos isso para as noivas elas acham um exagero e um gasto desnecessário.
    Abraços.
    http://www.casamentobarato.blogspot.com

  3. Flávia, geradores são importantíssimos. Quando eu casei, nós contratamos um gerador em stand by de uma empresa chamada Politec Geradores. Pedimos este tipo de trabalho pois achamos muito improvável que o espaço fosse ficar sem energia, e adivinha o que aconteceu? A sorte foi que tínhamos alugado o gerador. Se alguém quiser dar uma olhada no site da Politec, eles são especialistas em gerador para eventos: http://politecgeradores.com.br/geradores-de-energia-para-eventos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close Bitnami banner
Bitnami